domingo, 30 de novembro de 2008

SÍSIFO,CAMUS...(...E EU)

Sísifo foi condenado pelos deuses a levar uma rocha até o pico de um monte; de lá, a rocha rolaria até o solo. Sísifo teria de levá-la outra vez até lá em cima (de onde, novamente, rolaria). Ele teria que repetir esse trabalho eternamente. Um trabalho sem objetivo, repetido, sem fim, sem esperança, inútil..Esse era o castigo.
Nossa rotina de vida é semelhante ao castigo Sísifo. Acordar, executar as tarefas do dia, dormir, acordar, repetir tudo, o mesmo no dia seguinte, no outro, no outro ...
Marcel Camus, escritor francês (1913-1960), diante do absurdo de nossas vidas, sugeriu, sabiamente a meu ver:"É preciso imaginar Sísifo feliz." Cada um precisa ficar feliz por poder, a cada dia, executar suas tarefas, por mais repetidas que sejam, por mais rotineiras (até os astros cumprem sua rotina!), por mais absurdas que nos pareçam."É preciso imaginar Sísifo feliz."
Mariana(minha filha de 6 anos),quando tinha menos de um ano ficava muito tempo, sentadinha, tentando colocar areia, com suas mãos pequenas, numa lata de talco vazia, pelos buraquinhos por onde o talco saíra. Tirei foto dela nessa tarefa que deve estar na casa da mãe,pois nunca mais vi a foto.Ea está completamente absorvida naquele trabalho, sentada naquele pedaço de chão forrado, segurando a lata de talco junto ao peito, o olhar fixo no que suas mãos faziam, ou tentavam fazer. Como um pequeno Sísifo, não por castigo, espontaneamente, ela se propunha a uma tarefa difícil (não creio que tenham entrado muitos grãos de areia naquela lata), sem desistir, voltando sempre a tentar .Calma,quieta...
Talvez agora, em certas tarefas árduas de adulto, eu devesse aprender com a criança pequena que ela era, registrada na foto: Não desistir, continuar tentando, por mais difícil que seja, muito atento, calmo, em paz. (Eu tento, nem sempre tão em paz!...). "É preciso imaginar Sísifo feliz." ("Il faut imaginer Sisyphe heureux."), como disse o escritor francês.
Se eu fosse entrevistado pela Marília Gabriela (que absurdo!), essa seria minha frase escolhida.

Tardiamente quero agradecer à querida GY o selo que me enviou, comemorativo às suas 3000 visitas.Parabéns querida!Vou guardá-lo com muito carinho! Aliás,ainda tenho 3 selos ali no cantinho direito que me foi ofertado por essa querida amiga.Agradeço e fico muito feliz com essas gentilezas!

Ó que lindo!!!!

8 comentários:

Giselle disse...

O Paulo,
obrigada pelo carinho meu amigo ...
Que pena que vc não tem a fotinho da bela Mariana fazendo esse feitio ... se fosse nós, já teríamos dado um jeitinho de conseguir coloca a areia de um jeito mais rápido, rs...
Paciência eu não tenho nenhuma ...
rs ...
Aliás, sobre os selos vc os merece muito mais ...
beijos e linda semana

Nunca é tarde para ser feliz! disse...

Olha confesso que estou começando nessa "mania" de escrever, mas a cada dia tenho certeza que quanto mais escrevemos mais nos tornamos reflexivos e isso é muito bom... que sejamos realmente felizes com a capacidade de realizar nossas tarefas... Abraços

BRUNO LEONARDO disse...

Fala,brother

Pois ,se o Sísifo não fizer algo para ser feliz,ele acaba "sifu",pois a rotina é dura,meu amigo.
Mariana com 1 aninho fez coisa que duvido que vc faça agora...
Eu,que sou disperso pra caramba,preciso sempre de algo novo para sobreviver ao cotidiano!

abraço

Bonequinha de Luxo disse...

Oi,Winter

Adorei seu post.Pois é,ás vezes fico achando a vida tão chata:todo dia a mesma coisa,enche o saco!
Mas,creio que temos mesmo que fazer como Sisifo,concentrar em casa tarefa e ser feliz a cada dia.
Ah,queria ver a foto da Mariana!!
Beijos

Dedinhos Nervosos disse...

Quando comecei a ler esse post, lembrei do maldito de 1 cliente de varejo que eu atendo. É pior ainda do que a tarefa do Sisi. E sinto muito. Não consigo. hehe
Bjos!

Lilian Devlin disse...

Oi Paulo,
Gostei muitíssimo do post!E precisamos mesmo sentir felicidade em tudo, até nesses momentos, como o meu de agora,onde me falta saco para a rotina! rs
Bjs querido!

Lê... disse...

Oiê!Ahh não consigo...eu preciso é imaginar Sísifo se rebelando,rsss,e liberto dessa vidinha,e aí sim o imagino feliz!
Como é cansativa essa "vida amélia" onde tudo todo dia é igual,não?é preciso muita criatividade e energia p/'enfeitar' o dia.

Bom fds,beijo.

Lomyne disse...

Não sei se creio num Sísifo feliz, acho mais fácil crer na resignação. Acomodar as coisas que você gosta nos espaços entre suas tarefas de Sísifo. Isso sim me parece felicidade.