quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Jovens descolados!!Será?

Olá,minha gente!
Nossa,não sabia que um comentário ingênuo sobre a ministra Dilma fosse me render tantos comentários.Mas,agora chega ,pois esse papo não me agrada.Vamos falar de coisa séria.
Creio que todos estão acompanhando o sequestro da menina de 15 anos pelo ex-namorado. Inacreditável que jovens dessa atual geração "tão descolada" ,"tão moderna","tão....." não consigam lidar com a perda,com a rejeição e com o ciúme.Claro que nada mudou!Ainda somos os mesmos!Como os nossos Pais!
Será que nas coisas do coração não há fórmula certa ,seja qual for a geração?Claro!
Ninguém manda no nosso coração,mas na nossa cabeça mandamos nós. E é uma pena que isso continue acontecendo! Sempre penso a mesma coisa quando tomo conhecimento de casos assim: isso é baixa auto-estima,amor próprio...Sou a favor do amor sempre.Mas,sou a favor primeiramente do respeito ao direito do outro,de suas escolhas .E,principalmente sou a favor de antes de tudo do amor por nós mesmos.

14 comentários:

Quase Trinta disse...

Pois é, vc disse tudo... isso é falta de auto estima e amor próprio.
Não escolhemos de quem gostar, mas podemos escolher o que vamos fazer com esse sentimento... sair sequestrando, matando em nome "do amor" isso que não dá

Paula disse...

Olha, concordo cm você em gênero, número e grau, antes de mais nada, nós mesmos. É impossível amar e ser amado em qualquer relação se não nos valorizamos.

Quanto ao post anterior, ao comentário do Álvaro e ao post dele (que li, mas preferi nem comentar), não retiro uma palavra do que disse.

beijos

Lu Olhosde Mar disse...

como os nossos pais. bem cantou a Elis.. bem lembrou vc....

a gente bem q tenta, ams tem coisa q nao muda.

dor de amor, é uma delas... custa, mas sara.

beijok.

Lilian Devlin disse...

Paulo querido,
Você citou uma frase que eu acho que se adaptada, pode explicar o que isso siginifica. Você citou "como nossos pais" mas não seria "pelos nossos pais"?Por que se a causa é não saber lidar com rejeições quem "educou" essas pessoas assim? Não foram meus pais nem os seus, mas os delas, dessas pessoas , que não as preparam para os NÃO que a vida vai nos esfregando na cara diariamente, mas que nem por isso, morremos. Levantamos e seguimos em frente e esse tipo de NÃO foi somente mais um, que serviu de aprendizagem. Mas sabemos que tem uma geração aí, que a todos tudo foi permitido, nunca ouviram um sonoro NÃO, nunca foram repreendidos por atitudes erradas, nunca receberam verdadeiros valores para viver a vida como ela verdadeiramente deve ser vivida.E aí, nossos noticiários ficam recheados dessas "gracinhas do papai/mamãe" que botam fogo em índio, espancam prostitutas/gays, sequestram, atropelam, matam etc e tal e fica tudo por isso mesmo.
Nós que temos filhos menores é que precisamos ficar espertos, não deixar que os nossos cresçam despreparados para a vida.
beijo grande e desculpas, porque "falei" demais! rs

Aline Evelyn disse...

APOIADO!
Ops... o lance de política me pegou!
hauhauahua
Brincadeirinhas a parte!
Tbm sou muitíssimo a favor do amor próprio!
Só pq o cara levou um pé na bunda, sequestra a garota?
Aiai Paulo... sem comentários!

Dedinhos Nervosos disse...

Acho que baixa auto-estima e falta de amor próprio não leva ninguém a sequestrar ninguém. E ainda mais com uma colega da namorada de lambuja.

Eu acho que um sujeito assim tem sérios problemas psicológicos e poderia ter surtado com qualquer situação que não pudesse controlar, como ser demitido de um emprego legal.

Eu, heim. Sai de mim! rs

Bjos!

disse...

Sou a favor do amor sempre, mas também penso que devemos amar alguém que corresponde ao nosso amor. Para isso Deus nos deu olivre arbítrio. O melhor e cada seguir seu caminho do que chegar a esse ponto. Mas nesses casos penso que a pessoa que chega a extremos só pode se doente.
Grande abraço!
Vovó Rô!

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,amigo

É triste presenciarmos esta situação.E muitas perguntas passam por nossas cabeças...ciúme?baixa auto-estima?doença?
Quem sabe o que se passa na cabeça e no coração de cada um???
Resta-nos torcer para que tudo acabe bem...

abraço

Vanessa F. disse...

Mas eh isso mesmo... E ainda digo mais... a maxima da humanidade devia ser : "conheça a ti mesmo" antes de querer infringir a liberdade do outro... Mas acho que algumas coisas mudam sim... Mas a mudança eh lenta... e talvez não consigamos ve-la florir...

Sei lah... tou filosifica hj... rs...

Bjos!

Lê... disse...

Oiê!

É isso mesmo,sem amor próprio não se ama ninguém!

Esse tragico final do caso me deixa sem palavras...

beijo,bom fds.

Mari disse...

Oi,Paulo

Também escrevi sobre isso lá no Anarquistas...é uma pena que certas personalidades não sejam logo percebidas como patológica...
Lindemberg não é simplesmente um ciumento:ele é doente
Tudo o nque aconteceu poderia ser evitado...é uma pena!
abraço,amigo

Bonequinha de Luxo disse...

Olá,Winter

Tem toda razão.
Pra mim,ciúme exagerado é falta de confiança em si mesmo.
Quem ama confia!E quer somente o bem da pessoa amada!

beijos

[Farelos e Sílabas] disse...

...

Olá!

Tens razão ao falar da falta de amor próprio, da questão de estima e, o mais importante, na questão crucial de que, de fato, mandamos na cabeça sim. Tanto é que ser a favor do amor sempre é um sinal daquilo que projetamos como bem-querência (pra nós e para os outros).

Por outro lado, os surtos existem e acometem a muitos nas horas imprevisíveis do desespero. Disse surto. Mas há os indícios e caberá a nós, pela mente (que os poetas sempre preferiram chamar "coração"), decidir o que queremos pra nós. Tudo o que for para além do equilíbrio (perfeitinho demais, certinho demais, ciumento demais, nervosinho demais, etcétera e tal) é um indício, grave por sinal.

Às vezes, como no caso citado no post, é um indício fatal!

...

Amigao disse...

Oi amigão, eu postei sobre este assunto hoje.
Amigão,o post tá perfeito.Mas por trás disso existe uma coisa muita séria.
Veja bem, não se trata do sequestro de uma moça, ou de uma jovem.
O que presenciamos foi o sequestro de uma criança de 15 anos pelo namorado sete anos mais velho.
Eles namoram há três anos. Ou seja, ela tinha 12 anos e ele tinha 19.
É bem mais sério o assunto, amigão.
Cadê os pais dessa criança que deixaram um adulto abusar da filhinha que deveria estar brincando de ser criança?
Abração