sexta-feira, 31 de outubro de 2008

A Galinha do Vizinho

Brasileiro tem o hábito de achar que tudo que vem de fora,do chamado "estrangeiro" é melhor do que o que procede do Brasil.Assim,o "Made In" por si só já se valoriza e se mantém no pódio das preferências nacionais.Ligado a esse hábito ,achamos que americano,francês,alemão etc são povos mais educados,mais respeitadores das leis do que nós,pobres latinos ,de um país de gente pobre e mal educada!!Será?Isso é real ou é folclore?Não me permito dizer que todo brasileiro respeita a natureza,as leis de trânsito e não fura fila.Não!Existem e nós sabemos disso.Mas,não pensem que nos países de "primeiro mundo" tudo ocorre certinho,que ninguém rouba,mata,maltrata os animais e agride a natureza.
Tenho uma amiga que foi tentar a vida nos EUA e fez um monte por lá:foi babá,garçonete,vendedora de loja e faxineira de cinema.E ,ela tem muitas histórias interessantes que desmentem essa superioridade de que americano é bem educado.Ela conta,por exemplo,que quando fazia faxina em cinema pôde comprovar a imbecilidade daquele povo.Quando terminava as sessões, minha amiga incorporava "A Diarista" e entrava com seus apetrechos de limpeza. E,segundo ela,parecia que estava entrando numa praça de guerra.Era o cáos.Havia pipoca por todo o canto,papel de bala espalhados,copos pelo chão , chocolate pisado e chiclete nas poltronas.Ela descreve a cena de uma forma que dá vontade de rir.Coitada!Durou pouco por lá.Hoje ela está no Brasil e que Deus a ajude,está trabalhando em teatro e muito feliz.
Mas,escrevi sobre isso para chegar a uma conclusão:temos que ter pé no chão,quando falamos mal do Brasil e engrandecemos outros países.Só podemos falar daquilo que vivenciamos.
E,podem ter certeza,"nem sempre a galinha do vizinho é mais gorda do que a nossa."

15 comentários:

Giselle disse...

Paulo,
passa lá no meu blog que tem presentes para vc,
beijos

Dedinhos Nervosos disse...

Só de saber que não existem leis que protegem os "não fumantes" das chaminés ambulantes... já dou graças a Deus pelo Brasil. rsrs

Vivian disse...

...em qqr parte do planeta,
existe pessoas educadas,
ou não...

isso faz parte da evolução
espiritual de cada um,
pelo simples fato de estarmos
todos por aqui na condição
de aprendizes...


muito apropriado seu post, portanto.

bjus

Lu Olhosde Mar disse...

é, trabalhando em empresa multinacional a gente vê isso claramente. nós nao conseguimos abandonar esta mentalidade de colonizado... nossa auto estima é uma caca.

um beijo!

angel red disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
angel red disse...

Adorei o texto.
Concordo com vc. No geral, as pessoas não utilizam outros meios de comunicação que não seja a TV, por isso pensam dessa forma, a forma que eles vendem. Acho que o brasileiro tem que valorizar o que é, o que tem e tentar preservar o bom e banir o que for ruim.
Obrigada pela visita lá no meu cantinho. Volte sempre. ;).
Bjoks

Quase Trinta disse...

Vc está certissimo, só quem já teve a oportunidade de visitar ou até mesmo trabalhar em outros países sabe dar valor ao Brasil.

Ps: já tive depressão profunda muito parecida com a que vc descreveu no meu comentário, e foi com muita análise e até medicação que comecei a sair de casa novamente. Escrevi isso pq senti que os sintomas daquela depressão estão voltando, e eu sei como foi uma época ruim....
Bom sem problemas, qd quiser sair com a amiga louca aqui é só falar, pq qd vou a Petrópolis, primeiro fico uns dois dias no RJ, pq o aeroporto fica lá, depois fico mais alguns em Petrópolis e volto ao RJ novamente antes de ir embora..rs

bom final de semana pra ti

Tathiana disse...

O que percebi trabalhando com alguns estrangeiros: embora ELES estejam no nosso país, prestando serviço pra nós, muitos deles acham q nós é que temos obrigação de falar inglês! Alguns nem se esforçam pra aprender o nosso idioma (não é regra geral, mas acontece bastante). Enqt isso, os brasileiros, receptivos que são, fazem todo esforço pra melhorar a comunicação. Vejo gente que mal sabe o português se esforçando pra falar inglês com os gringos... E, em geral, rapidamente estão se comunicando muito bem.
É apenas um exemplo que reflete o ar de superioridade que muitos deles cultivam (que sobressai ainda mais diante da nossa subserviência e senso de inferioridade).
Mas tb conheci muitos "gringos" legais nas plataformas por onde passei. Sim, em todo lugar do mundo vão existir pessoas educadas e pessoas sem educação, pessoas receptivas e pessoas inflexíveis.
Beijos.

Lê... disse...

Paulo

Acho que em nenhum pais tudo transcorre certinho,dentro das regras...mas que em outros paises as punições são mais severas e as leis se fazem aplicar,isso sim,e talvez em função desse fato a população,de forma geral,seja mais 'obediente' que nós brasileiros,sim!Eu acho,sei lá...rs
Mas claro,há gente e 'gente',educação e 'educação' em todo e qualquer local.

beijo,querido!

Layana. disse...

Pois é, todo e qualquer brasileiro tem esse problema de achar que a "galinha" alheia é mais bonita e gorda! Isso é um defeeito, das pessoas do terceiro mundo. Porque o defeito das do Primeiro mundo garaanto que deve ser bem pior.
beijo.

paula barros disse...

Concordo com você. Um bom texto. Levando a refletir nossa atitudes de valorizar sempre o que é do outro.
As vezes esquecemos de nos valorizar.

abraços

Thay disse...

Adoreiii o textoo1
e Concordo em todos os pontos com vc.
Jah fiz um intercambio em outros paises e sei como é.
So assim a genet consegue valorizar nosso pais e as coisas boas que tem nele.

Fica com Deus

Vanna disse...

Querido, sempre falei disso e tenho sérios problemas c/ quem fica c/ esse papo d carioca é assim, brasileiro é assado, e tantas outras generalizações. Digo q costumo julgar as pessoas por mim. Sou pobre, morei na baixada Fluminense e nem por isso sou sem educação ou princípios, e nem digo q é coisa d família, é coisa d ser humano q faz escolhas. Olha, conheço pessoas c/ dinheiro, c/ curso superior q são topeiras humanas. rsrrs
Bjs, linda semana.

Débora disse...

Olá,amigo

As pessoas nunca estão satisfeitas com o que tem..Só quando perdem é que vão valorizar!O mesmo se dá com o país em que vive:falam mal da cultura,dos dirigentes,do próprio povo..Todos deveriam fazer um estágio em todas as cidades do mundo..
Concordo com a Vivian:em qualquer parte do planeta,existem pessoas educadas,ou não...

bjs

Amigao disse...

Pois é amigão, disse tudo. A gente tem manina de falar: Só acontece no Brasil.
E tudo acontece da mesma maneira em todos os lugares.
Na verdade o que não "presta" mesmo é o ser humano.

Abração do amigçao