terça-feira, 30 de setembro de 2008

E o tempo correu a passar..

Ontem eu estava assistindo a uma chamada da apresentação do Roberto Carlos e Caetano Veloso em homenagem aos 50 anos de bossa-nova.
Estava na casa de minha mãe.E logo tive que ouvir o comentário dela sobre estes "ícones" da MPB.Claro que seria um imbecil se negasse o valor dos dois.Mas,fiquei olhando para o "rei" e pensando:"Roberto vive do passado,daquilo que foi na Jovem Guarda. Ele congelou ali e suas diversas aparições desde então são meras repetições daquelas composições que fizeram sucesso na época:Emoções,Jesus Cristo ,Amigo..".Mesmo as mais bonitas( para mim) ,são esquecidas nos shows:Detalhes e Fera Ferida
Caetano Veloso também parace que só encontrou inspiração na ditadura.Depois dela a inspiração se foi.Assim foi também com Chico Buarque.Nunca mais compôs nada que se tornasse sucesso,pelo menos que eu saiba.Afinal,eles não são tão velhos assim que sejam incapazes de continuar cantando o amor,a situação política no Brasil ou as mulheres.
Minha mãe aproveitou para ficar cantarolando algumas músicas de RC:.."meu calhambeque,bi..bi.."
E eu,mesmo sabendo que estava comprando uma briga feia com minha mãe, comentei:"É ..parece que quem se tornou um calhambeque foi ele.E a funelaria que anda frequentando deixou-o com uma aparência irreal para a idade que tem..E a chapinha no cabelo o deixou com uma impressão de "naftalina".
Depois desse comentário tive que sair correndo para não apanhar.
Por que será que toda mãe gosta tanto do "rei" Roberto?

11 comentários:

Dedinhos Nervosos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dedinhos Nervosos disse...

Na verdade o Roberto vive da fama do passado, quando ele ajudou a revolucionar a nossa música com o seu rock nacional. Ele foi “brasa” naquela época e ninguém pode tirar-lhe esse mérito. rs

Infelizmente não conseguiu mais compôs nada parecido com “Como é grande o meu amor por você” e várias outras. Vou ser bem sincera, eu não curto ver os shows dele pela TV, mas fiz questão de ir vê-lo ao vivo e a cores quando ele esteve aqui em Vitória no ano passado. E eu fui pq sabia que eles só canta as músicas das antigas. O show foi lindo, a orquestra arrasou e ele tava até com o “cabelim” cortado rs Fui com minha mãe e minha avó, e me diverti muito com elas, cantei junto e até consegui pegar uma rosa, tá? ahaha

Por fim, eu admito. Eu gosto do Rei, sim! Ele é muito romântico :o)

Bjos!

Ps. Se quiser ver a foto das 2 mulheres da minha vida, pode dar uma olhada aqui. A postagem é mais pra baixo (e vai parecer perdida entre os outros shows que eu fui e conto nessa mesma página rs). Ficamos pertinho do palco. Um luxo!

http://dezdedinhos.blogspot.com/search?updated-max=2008-02-18T11%3A09%3A00-03%3A00&max-results=100

Vanna disse...

rsrsrsrs
Querido, concordo c/ vc q eles e mais uma meia dúzia vive das glórias do passado. No caso deles dá certo pq c/ vc disse ainda tem muita mãe q não deixou d gostar deles ou melhor do RC. P/ os q as glórias nem foram tantas assim, vivier do pouco q tinha seja ser deprimente. Das músicas q vc citou, gosto muito d Fera ferida, era chato sempre cantá-la depois d meus fracassos amorosos. rsrs
Bjs, lindo dia.

Aline Evelyn disse...

É Paulo...
Eu que me atreva a falar do Roberto Carlos perto da minha mãe ou da minha tia!
Ele é uma múmia e... será que só eu percebi isso?
Naquela época ele era um fenômenos, mas... e agora?
Ele só é um espelho (hiper velho) do passado!Só canta coisa antiga, e por mais que algumas musicas sejam bonitas, passou! (pelo menos pra mim) :0
Beijoooks meu lindo

Aline Evelyn disse...

PS.: Eu também vi a apresentação do Roberto com o Caetano...
Não tava conseguindo dormir por causa de uma big dor no estômago

Quase Trinta disse...

Aqui em casa papai que é fanático por RC.
Fala sério... ri muito aqui com seu comentário da chapinha dele.
Talvez ele viva do passado pq é mais seguro, sabe que ali o sucesso está garantido, arriscar o novo é se arriscar talvez ao fracasso, criticas.... então pq ele mudaria, se está tudo comodo dessa maneira..

Mari disse...

Bem....mas....falando sério...

Eu gosto do Roberto,do Caetano e do Chico..pronto!

Na nova geração que está aí..não vejo ninguém melhor..
E,quanto a aparência do RC..o que vc quer?Esle já está com 66 anos..sabe lá o que é isso?Na década de 60 ele era um gatinho!!rs

bjs

Lê... disse...

Oiê!

Ahh sabe que nunca gostei do RC?Sim!Porém de um tempo pra cá,o ouço sem maiores problemas.(ai ai,será que to na idade de mãe??)rs

Caetano,Chico...e mesmo RC prefiro as musicas mais antigas...os primeiros albuns.Hj em dia se comercializaram demais...

Que bom que apareceu,querido,ja estava sentindo sua falta lá em casa!rs

beijo

Giselle disse...

Olá ...
passando aqui através da Fabi - Quase Trinta, e confesso que adorei seu blog ...
Agora qto ao Rei fala sério, não sei como eles conseguem viver do pasado, e o pior, que nada muda nele, a ropua continua, o cabelo tenta ... mas continua igual, e sempre a mesma piadinha no fim do ano ...
"São tantas emoções ... "
Sei que jamais termos ótimos cantores como na velha guarda, hj esses funks, pagodes(confesso que adoro), não chega aos pés de ótimos cantores da velha guarda.
Sim, temos grande nomes como Maria Rita, Paula Toller, (na minha opinião, claro) ...
Mas, mudar todo mundo muda, será que para eles é tão difícil mudar, conquistar novas gerações, ele até que tentou, cantando com o MC Serginho, mas pera aí, funk para mim, não é música ...
Ele devreia tentar com ótimos músicos ótimas bandas, mas como dizemos, fácil é falar, difícil mesmo é mudar, e como ...
Amei seu cantinho, agora coitado do seu amigo, fiquei com dó, imagine se eu chegasse no meu pai contando que estava grávida, o quê?
Ele matava o dito cujo e eu ia ser é mãe solteira viúva, rs...
Amei seu canto ...
Um súper beijo,
Gi

Paula disse...

Eu prefiro o Rei dessa fase de Detalhes. Depois disso acho que ele só decaiu... E o Caetano, pra mim tá indo pelo mesmo caminho!

Beijos

Anarquistas disse...

Olá,Paulo
Vim agradecer sua visita no nosso Blog e dizer que temos post novo todo dia..apareça sempre!

Menino,eu já fui obrigada a ouvir o Roberto por longos dias.Eu era menina e minha mãe tiéte dele.Aprendi quase todas as músicas a partir dos anos 80,quando já entendia alguma coisa.Lembro-me de muitas vezes minha mãe chorar ao som de "Como é Grande o meu amor por vc" e eu cantava só "Os botões da blusa...".
Hoje,sinto uma certa nostalgia quando o vejo.
Minha mãe já não o curte tanto e jamais foi num show dele.
Mudei eu?Ela?Ou ele?Creio que todos nós!

Bjs
LU-2ªf